Instruções
Para você que quer saber como produzir os seus materiais e fechar o seu arquivo corretamente, estamos disponibilizando algumas informações.
Leia com atenção e produza os seus materiais corretamente.


Gabaritos
Para facilitar,  a Centrograf disponibiliza os Gabaritos, que são arquivos predeterminados para você fazer a sua arte.
Utilizando os Gabaritos disponibilizados, você evita problemas de montagem do arquivo.
Para obter os Gabaritos, você deve selecionar o material desejado e baixá-los. O arquivo está zipado e pode ser usado em versão .CDR, .AI, e .PSD.
Junto com os gabaritos tem um arquivo com orientações para fechamento do arquivo em PDF, o qual deverá ser seguido. 
Caso queira enviar em arquivo aberto, você deverá selecionar a opção na compra de envio de arquivo CDR, AI e JPG, o qual tem um custo adicional.

Esses arquivos já têm as margens colocadas no local correto. Respeite as margens para que o seu material não seja prejudicado. Não coloque informações importantes além da margem de segurança, senão elas poderão ser cortadas. O fundo, seja ele vetor ou imagem, deverá ultrapassar a linha de corte, para que não fiquem filetes brancos em volta do material. Preste atenção na imagem abaixo, pois ela é muito importante.

 
Instrues

Imagens e cores
Se você usar imagens no seu material, lembre-se sempre de que elas deverão estar em formato Bitmap e no modo de cor CMYK. As imagens devem ter no mínimo 300 dpi's de resolução. Evite fazer materiais com frente escura e verso claro, ou frente clara e verso escuro, isso poderá manchar o lado mais claro do produto.

Preenchimentos e contornos também devem estar em CMYK. Arquivos em RGB poderão apresentar diferença de cores, por isso não dever ser utilizado, pois o padrão de impressão que é utilizado é o CMYK. 

Para produtos que tem a opção de utilização de cores Pantone® ,  o arquivo deverá ser montado já com a cores Pantone escolhidas.


Textos e fontes
Para evitar problemas com fontes no seu material, você deverá convertê-las em curvas. Deverão ter também mais de 7 pontos de tamanho para manter a boa resolução e legibilidade. Procure também não utilizar fontes com traços muito finos, para que não perca a sua resolução.

Preenchimentos com as cores Preta e Azul
Para fazer um preto mais "vivo", não utilize o preto com 100% nas quatro cores (CMYK), isso sobrecarrega a máquina e propicia uma chance de manchas no seu material, além de as cores não encaixarem, principalmente em fontes, podendo ficar fora de registro devido ao excesso de cores.

Para obter um preto mais "vivo", utilize esta regra C: 30% M: 20% Y: 0% K: 100%. Assim, você evita erros de impressão e tem uma qualidade maior no seu impresso. 
Uma dica: utilize esta regra apenas quando for fazer um fundo preto, ou quando esta cor tiver um destaque maior na sua arte. Não é recomendado para fontes e objetos pequenos.

No caso da cor azul, quando usada, utilize esta regra C 100%  M 90%, para que seu impresso não saia roxo. Utilize esta regra principalmente quando for usar a cor azul de fundo em algum material.

Efeitos especiais
Se você utilizar efeitos especiais no seu material, você terá que fazer algumas alterações neles antes de enviar o seu arquivo para a gráfica.

Mistura, Contorno interativo e Extrusão, você deverá Separar esses efeitos através do Corel Draw.
Envelope, Distorção e Perspectiva, você deverá convertê-los em curvas.
Sombra, você deverá fazer o comando Separar grupo de sombreamento e converter a sombra em Bitmap.

Dados Variáveis
A definição de Dados Variáveis em impressão, seria imprimir materiais personalizados para cada pessoa ou empresa, diferentes um do outro.  Você pode diferenciar, muitos pontos, como texto, imagem, valores e outros.
A utilização de Dados Variáveis em alguns produtos, deverá ser obedecidos alguns critérios, como: quantidade de campos, tipos de campos, tamanhos e outras opções.
Exemplo: Para fazer um Certificado, com dados variáveis de nome e curso, deverá ser enviados com banco de Dados em Excell, fazendo separação por campo (veja imagem).
1) Montar um modelo com o Nome e o curso mais longo para ajustar ao modelo de certificado.
2) Escolher a fonte, tamanho e cor a ser impresso. 
3) Antes de fazer ou montar a planilha, verifica se vai ser impresso em somente em letras maiúsculas ou maiúsculas e minúsculas, pois tem que ser definido nesta etapa.

Imagem enviar por voc em 03-05-2018

Este é apenas um exemplo, para qualquer produto que tenha esta opção de DADOS VARIÁVEIS,   deverá ser enviado o arquivo a ser impresso e o banco de dados em excel.  Como envio é de apenas um arquivo, deverá ser zipado os arquivos em um único e enviar.

Cartões de Visita
Na opção de compra de cartão de visita o cliente pode comprar uma quantidade total e dividir para mais de um nome, sendo necessário fazer múltiplos de 100 unidades para cada nome.
Exemplo: Você compra 1000 cartões, e quer fazer para 3 nomes, sendo 200 para A, 500 para B e 300 para C.
Para fazer isso, deverá ser enviado em um arquivo único com todos os nomes, sendo colocado cada um em uma página. 
No campo observação indicar a quantidade de cada nome, sendo múltiplos de 100 unidades.

Acabamentos

Corte
Se você for fazer um material com corte, você deve marcar o local onde será cortado o produto, com uma linha pontilhada e deixar uma margem de segurança, sempre entre 4 a 5mm para dentro da arte, e não esquecer também de sangrar os fundos que vão até o limite do arquivo, sempre 3mm para fora da linha de corte.

Faca para Materiais Especiais
Faca é uma ferramenta utilizada para fazer alguns acabamentos especiais como vinco, corte especial e meio corte. Quando você for utilizar-se desta ferramenta, você deverá ficar atento a algumas regras para que seu material não saia com erro de corte.

Faca para Adesivo – No adesivo você não pode deixar de fazer a sangra e a margem de segurança, que é de 3 mm para dentro da faca e 3 mm para fora da faca.

Faca para Vinco – Para o vinco, você deverá fazer a marcação do local e deixar para cada lado da linha marcada do vinco uma margem de segurança que vai de 2 a 5 mm, podendo variar de acordo com o material. Além desta marcação, tem o desenho da faca onde irá cortar junto com vinco. O procedimento é o mesmo, linhas de segurança de 2 mm para dentro da faca e 2 mm para fora da faca.

Meio-corte
O meio-corte é um acabamento usado principalmente em adesivos. Pois somente o adesivo, e não o papel onde ele é colado, é cortado, na forma determinada pelo cliente. Para ser feito o meio corte é necessário o desenho de uma faca, que terá a forma desejada do adesivo.

Dobras
Você tem a opção de fazer uma ou mais dobras nos seus materiais, dependendo do material escolhido. Marque o local da dobra no material e as linhas de segurança, que pode variar de 2 a 5 mm. Estas linhas são importantes para que informações do seu material não sejam dobradas e fiquem ilegíveis.


Vinco
O vinco é feito pela gráfica para que você possa dobrar o produto posteriormente, geralmente em papeis com gramaturas superior a 170 grs.


Verniz
O verniz é utilizado para deixar mais sofisticado o aspecto do material. Quando o verniz é aplicado no material todo, chamamos de Verniz Total, quando é aplicado em algumas partes do material (como em apenas uma logomarca), chamamos de Verniz Localizado.

Caso você queira usar o verniz localizado, para dar uma ênfase na sua logomarca, por exemplo, você deve fazer a máscara de verniz. Para fazer esta máscara, você deverá copiar o objeto (no qual você quer aplicar o verniz) em outra página "chapado" de preto. Mas preste atenção, ele tem de estar em preto 100% e permanecer na mesma posição do original.

A máscara do verniz pode também estar convertida em Bitmap Tons de Cinza, com resolução mínima de 300 dpi's. Cuidado quando você for converter para Tons de Cinza, certifique-se de que ele esteja 100% preto. 

Verniz Localizado deverá ser evitado em áreas de vinco e de corte, pois corre o risco de "descamar".


Serrilha
A serrilha é um picote feito em papel para que ele seja destacado. É utilizada normalmente em ingressos, tickets, e outros materiais criativos. Você deverá fazer uma linha pontilhada no local onde deseja que a serrilha seja feita. Deverá também fazer duas linhas, uma à direita e outra à esquerda da linha que marca a serrilha. Estas linhas servem como linhas de segurança. A distância das linhas deve estar entre 2 a 5 mm.

Furo
O acabamento furo normalmente é utilizado em tags, mas também pode ser usado para fazer cartões de visita. A gráfica disponibiliza furos de 3 e 5 mm de espessura. Lembre-se de fazer o furo também dentro das margens de segurança.

Faça uma margem de segurança circular em volta do furo para que você não coloque muito perto dele algumas informações que poderão ser cortadas durante a produção na gráfica. Essa espécie de margem circular deve estar a uma distância de 2 mm do furo.

Cantos arredondados
É um acabamento que pode ser feito em cartões de visita. No final, eles parecem com cantos de cartão de crédito. Você não precisa fazer a faca para este material, pois a empresa disponibiliza uma faca padrão, basta apenas você comprar o acabamento.




Fechando o arquivo
Depois de tudo pronto, confira passo a passo todos os itens deste manual, para que o seu arquivo saia do jeito que você quer. Faça o seu check-list:
1) Fontes convertidas em curvas.
2) Bitmap´s em modo de cor CMYK.
3) Resolução das imagens com, no mínimo, 300 dpi´s.
4) Conferir se o arquivo está dentro do Gabarito e obedecendo as margens de corte e segurança.
5) Verificar se preenchimentos e contornos estão em CMYK.
6) Efeitos Especiais do CorelDraw, todos devidamente convertidos.
7) Sombra, Degradê e PowerClip convertidos em Bitmap's.
8) Cores Especiais como Preto e Azul, estão dentro das regras.
9) Os acabamentos utilizados estão devidamente marcados e com as suas margens de segurança.
10) Desenho de Facas, quando necessário. Verificar se estão na posição correta e com as distâncias corretas tanto de sangra quanto para segurança.
11) Para uma última verificação, vá em propriedades do documento e verifique se não há mais nenhum item fora do Gabarito, que é padrão da empresa.